O lago ornamental é uma tendência cada vez mais presente nos projetos de paisagismo e arquitetura, que pode ser construído sob medida e, assim, adaptar-se às mais diferentes necessidades e preferências dos moradores. Inclusive, muitas pessoas que visitam um imóvel com a imobiliária em Jaraguá do Sul, por exemplo, já tiram as medidas para dar início à construção do lago, antes mesmo de se mudarem. Inclusive, boa parte também inclui peixes e espécies de plantas, deixando o lago ainda mais personalizado e especial.

No entanto, além de contar com a ajuda de uma empresa especializada, também é importante conhecer um pouco mais sobre o assunto. Afinal, além de ter o suporte profissional, você garante maior agilidade e entende o que deseja para seu novo lar. Então, pensando nisso, preparamos o post de hoje com dicas importantes para seu lago ornamental. Vamos lá?

O que é o lago ornamental?

Lago ornamental em casa: Como ter o seu?
Image by wirestock on Freepik

Também chamado de lago artificial, ele nada mais é do que uma área construída no solo, que compõe o paisagismo ou arquitetura de um imóvel. Mas, ao contrário de espelhos d’água, os lagos ornamentais têm como uma de suas principais características a presença de seres vivos, como plantas, peixes e, dependendo do projeto, até mesmo tartarugas e anfíbios.

Além disso, ele pode ser construído de forma totalmente personalizada, adequando-se ao tamanho da área disponível, orçamento e gosto dos moradores. A profundidade mais indicada fica entre 80 centímetros a 1 metro, pois assim os peixes têm mais espaço para nadar.

Vale lembrar ainda que, independente se o lago terá ou não peixes, é necessário ter uma bomba e um filtro de água, pois serão responsáveis pela movimentação e filtração, evitando que ela fique suja e se torne foco de mosquitos.

Quais são os tipos de lagos ornamentais?

Como falamos, na maior parte dos casos os lagos ornamentais são feitos sob medida para o terreno, a fim de atender às necessidades dos moradores e até mesmo os projetos mais ousados. Contudo, separamos alguns dos principais tipos para que você possa entender melhor quais são as opções disponíveis no mercado:

Lago ornamental grande

Para quem deseja ousar e ter um lago ornamental grande no imóvel, é importante ressaltar que ele será o ponto de destaque de sua casa. Geralmente, ele é construído logo na entrada, para das as boas-vindas para quem chega. Mas, além disso, também pode ser construído na parte do fundo do terreno, pois assim oferece maior privacidade e destaque para a área externa.

Vale lembrar que nesse tipo de projeto, é comum que a variedade de pedras, plantas e peixes também seja maior. Inclusive, em muitos casos, outros animais também se tornam parte desse bioma rico e preservado, como tartaruga e anfíbios, que citamos anteriormente.

2. Lago ornamental pequeno

Já o lago ornamental pequeno é a alternativa ideal para quem tem pouco espaço no terreno, mas ainda assim quer ter um espaço para relaxar e se conectar com a natureza. Ao contrário do tipo anterior, esse modelo possui menos opções de plantas e animais, funcionando como um ponto de destaque no paisagismo. Ou seja, ele é uma peça-chave da área externa, mas não necessariamente o foco principal. Além disso, pode ficar tanto na entrada da casa como na área dos fundos.

3. Lago ornamental com cascata

Para aqueles que querem ousar ainda mais e explorar a criatividade, o lago ornamental com cascata é uma ótima pedida. Geralmente, ela é feita de pedra, agregando não apenas beleza para o espaço, mas também promovendo maior oxigenação da água. Isso porque, ela ajuda na movimentação devido à queda. Além disso, uma boa forma de complementar o ambiente é incluindo uma iluminação especial, que oferece aconchego e um visual mais intimista para o período noturno.

Dicas extras sobre o lago ornamental

Quando falamos em plantas para o lago ornamental, são muitas as opções disponíveis. No entanto, é importante considerar alguns fatores antes de plantá-las no local. Por exemplo, elas não podem ter raízes agressivas e superficiais, além de galhos quebradiços ou serem tóxicas, principalmente se crianças e animais frequentarem o espaço.

Além disso, as espécies de peixe mais indicadas para esse tipo de lago são carpas, tilápias, peixes poecilídeos, peixe-dourado, peixe cascudo, etc. Mas, é importante lembrar que cada um exige um cuidado e planejamento diferenciado em relação ao tamanho e profundidade do lago, assim como na alimentação e demais hábitos. Portanto, não deixe de pesquisar sobre cada espécie para entender qual é a mais adequada para seu projeto.

Então, agora que você sabe mais sobre o lago ornamental e as principais informações para ter o seu em casa, já pode escolher a empresa que irá realizar o seu projeto. Lembre-se que o investimento não é barato e, por isso, é importante analisar com bastante atenção e cuidado as opções disponíveis no mercado. Com isso, você terá um resultado incrível em seu lar e que com certeza irá valer a pena todo o dinheiro e tempo dedicado.